Consulado Brasileiro

O Consulado-Geral do Brasil em Nova York é uma repartição do Governo brasileiro encarregada de prestar, nos termos das leis e do direito internacional, determinados serviços públicos na sua área de jurisdição. É subordinado ao Ministério das Relações Exteriores. Além do Consulado-Geral em Nova York, o Ministério mantém nos EUA outros Consulados, bem como a Embaixada do Brasil em Washington e as Missões Permanentes do Brasil junto à OEA e junto à ONU.

Os serviços prestados incluem a proteção dos interesses do Brasil e de seus nacionais, o desenvolvimento das relações econômicas, comerciais e culturais do Brasil com a área de jurisdição, a expedição de passaportes a brasileiros e vistos a estrangeiros, o registro de nascimentos, casamentos, óbitos e escrituras públicas e os atos notariais de sua competência, dentre outros. O Consulado-Geral compõe-se de diversos setores, como o Setor de Administração, o Setor Consular, o Setor Cultural, o Setor de Promoção Comercial e o Setor de Relações com a Comunidade.

Anualmente, o Consulado-Geral processa mais de 100.000 documentos de vários tipos, tais como passaportes, vistos e reconhecimentos de assinatura. A demanda pelos serviços consulares é sustentada pelo número estimado de cerca de 300.000 brasileiros residentes na jurisdição do Consulado-Geral, além dos aproximadamente 720.000 turistas brasileiros que visitam Nova York todos os anos e dos milhares de estrangeiros que solicitam certos serviços, como a emissão de vistos de entrada para o Brasil.